Category: Música


Hoje um assunto de utilidade púúública … {será? :3} Para honrar o dia do Rock {best ever!} O assunto surgiu enquanto eu, de passagem pela sala, comendo bolo {da minha ultrafestadearromba (qual?? o.o)}, ouvi a mulherzinha cantando aquela música-indiana-chicleta(sic) {que entra na cabeça e não sai nem com reza braba}:

E eis que me vem à cabeça as seguintes perguntas… Como pode alguém conseguir cantar essa música mais de uma vez? WHATHELL significa essa bendita música???

Então, para acabar com as minhas dúvidas {e com as dúvidas do povo do Casseta & Planeta}, resolvi achar a letra da música pra vocês {se quiserem é claro, e se não quiserem, vão catar coquim u.ú – mas eu sei que você vai} cantarem com a mulherzinha {e um homem também, como descobri depois}… hahaha. {a musiquinha eu só consegui inteira no vídeo clipe (sim existe um video clipe, e muito do pirado 8D) para vocês acompanhare, só clicar aqui em baixo ;D}.

Beedi{só proquê é de Bollywood eles não deixam colocar o vídeo aqui S:…}

Naa ghilaaf
Naa lihaaf
Naa ghilaaf
Naa lihaaf
Thandi hawa bhi khilaaf Sasuri
Naa ghilaaf
Naa lihaaf
Thandi hawa bhi khilaaf Sasuri
Itni sardi hai kisi ka lihaaf lei lay
Jaa padosi ke chulhe se aag lei lay
Jaa padosi ke chulhe se aag lei lay

Beedi jalai lay
Jigar se piya
Jigar maa badi aag hai
Beedi jalai lay
Jigar se piya
Jigar maa badi aag hai

Dhuan naa nikaari o lab se piya
Ah ha
Dhuan naa nikaari o lab se piya
Je duniya badi jhaag hai

Beedi jalai lay
Jigar se piya
Jigar maa badi aag hai

Naa ghilaaf
Naa lihaaf
Thandi hawa bhi khilaaf Sasuri
Itni sardi hai kisi ka lihaaf lei lay
Jaa padosi ke chulhe se aag lei lay
Jaa padosi ke chulhe se aag lei lay

Naa kasoor
Naa fatoor
Naa kasoor
Naa fatoor
Bina juram ke hujoor
Marr gayi
Ho marr gayi

Aise ek din dupahari bulai liyo re
Baandh ghungru kacehri lagai liyo re
Bulai liyo re
Bulai liyo re
Dupahari
Lagai liyo re
Lagai liyo re
Kacehri

Angethi chadahi le
Jigar se piya
Jigar maa badi aag hai
Beedi jalai lay
Jigar se piya
Jigar maa badi aag hai

Na toh chakkua ki dhaar
Na daraati na kataar
Na toh chaa-kua ki dhaar
Na daraati na kataar
Aisa kaate ke daat ka nisaan chod de
Je kataai to koi bhi kisaan chod de
O aise jaalim ka chod de makaan chod de
Re billo
Jaalim ka chod de makaan chod de
Aise jaalim ka
O aise jaalim ka
Aise jaalim ka chod de makaan chod de

Na bulaya
Na bataya
Na bulaya
Na bataya
Mhane neend se jagaya hai re
Aisa chaukail haath mein naseeb aa gaya
Woh elaichi khilai ke kareeb aa gaya

Koyla jalai le
Jigar se piya
Jigar maa aag hai

Itni sardi hai kisi ka lihaaf lei lay
O Jaa padosi
O Jaa padosi
Jaa Jaa Padosi
O Jaa padosi ke chulhe se aag lei lay

E para quem quiser o que significa, abaixo a tradução dessa ladainha :3 {será que a Bobo sabe que a música significa isso? :x}

Sem cobertores
Sem lençóis
Sem cobertores
Sem lençóis
E este vento frio vem ao meu encontro
Sem cobertores
Sem lençóis
E este vento frio vem ao meu encontro
Está tão frio, pegue o lençol de alguém
Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho
Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho
Acenda seu cigarro
No meu coração
Como se houvesse um fogo ardendo
Acenda seu cigarro
No meu coração
Como se houvesse um fogo ardendo
Não deixe a fumaça sair de seus lábios, amor
Ah ha
Não deixe a fumaça sair de seus lábios, amor
Porque este mundo já está todo bagunçado
Acenda seu cigarro
No meu coração
Como se houvesse um fogo ardendo
Sem cobertores
Sem lençóis
E este vento frio vem ao meu encontro
Está tão frio, pegue o lençol de alguém
Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho
Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho
Sem culpa
Sem provas
Sem culpa
Sem provas
Sem cometer crime algum
Fui sentenciado à morte
Fui sentenciado à morte
Algum dia, me chame de tarde
Leve-me ao julgamento, me amarre à coleira
Me chame
Me chame
De tarde
Algum dia
Algum dia
Condene-me
Acenda seu forno
No meu coração
Como se houvesse um fogo ardendo
Acenda seu cigarro
No meu coração
Como se houvesse um fogo ardendo
Nem mesmo a ponta de uma faca
Nem a adaga se compara
Nem mesmo a ponta de uma faca
Nem a adaga se compara
Ela me mordeu de tal maneira que deixou marcas
Um agricultor pararia de colher
Oh, como você pode gostar de um bruto como eu?
Oh, querida
Você ficaria com um bruto assim?
Oh, minha amada
Você ficaria com um bruto assim?
Sem contar
Sem me chamar
Sem contar
Sem me chamar
Ele me acorda do sono profundo
De repente meu destino vem aos meus lençóis
E me alimenta com gengibre, vindo até mim
Acenda o carvão
No meu coração
Como se houvesse um fogo ardendo
Está tão frio, pegue o lençol de alguém
Ah, vá pegar
Ah, vá pegar
Vá vá pegar
Vá pegar um pouco do fogo do forno do vizinho

Hahaha, dá vontade de rir quando você une a tradução e o vídeo :3… dê a sua opinião dessa {complete a frase :3}

;kiss {agora, always red ;3}

Tudo que é sólido…

…pode derreter.

Para quem me disse essa semana {lá na faculdade, depois que eu desenterrei o Doug Funnie} que na Tv Cultura não existe nada de novo… eis que eu estava na minha vibe tv Cultura/ canal Futura e me deparo com um ‘seriado’ {sei lá, é um programa meio indefinido} chamado Tudo que é sólido pode derreter.

img_logo

Não que seja SUPER-NOVO, já que já existe programas parecidos, mas todos que eu vi do gênero são para crianças pequenas, com poesias cheias de métrica, rima e ritmo. Isso foi para a infância… se você já é adolescente/jovem, merece algo a seu nível. Apesar de ter uma trama aparentemente simples, ele se mostra bastante complexo… {e para alguns, uma viagem na maionese ;P}

Lá no site tem uma explicação mais formal, mas em suma, é uma série adolescente {quando digo adolescente não pense em Malhação, please… aquilo é destruição de neurônios, isso aqui tem muito mais nível ;D} que a cada episódio o tema principal é um livro.

Eu gosto muuuito de ler, mas o tempo fica curto sabe. E o melhor de tudo é que os livros costumam ser aqueles que te obrigam a ler no ensino médio {ou seja, só por obrigarem ao invés de incentivare, já fica um saco!}. E melhor ainda, é que eles não focam na historia do livro em si, mas o que está subentendido nele.

Hoje vi sobre Macunaíma hoje. Eu simplesmente não gosto da história do livro {não gosto de falar de spoiller, mas é sobre um herói brasileiro que tem cara de anti-herói, sendo meio que o oposto do Peri, de outro livro} e não sei como, juro que não sei, mas eles transformaram a história de um jeito que eu a-me-i!

Entre essas existem outras histórias, dentre os autores: Machado de Assis, José de Alencar, Clarice Lispector {ainda não vi o episódio dela, mas, se me convencer que o livro é bom, eles vão ser realmente phodásticos, pois os livros dela me desagradam ;P} e assim vai. Mostram dentre os clássicos brasileiros até algumas obras mais contemporâneas, e todos se encontram lá no site, em um resuminho, pra você entender/associar a série ao livro.

Tem meu selo de aprovação de Programa de Tv descente! {não fiz um selinho de verdade porque dá muito trabalho, se algum leitor quiser :D, ganha agrececimentos e o espaço num post para fazer auto-propaganda! xD}

Se puderem assistam! E o outro melhor de tudo {já repararam que tem vários melhores de tudo?} é que você não precisa ficar grudado na tv esperando passar o episódio. Pra assistir, basta você acessar o site da série, que lá vai encontrar todos os episódios já mostrados na tv.

Episódios, Livros, Músicas {tem umas músicas lindíssimas, que eu me apaixonei por elas!!} e outros {que você pode fuçar lá no site deles mesmo}.

Mas, para quem não tem internet tão boa, e quiser acompanhar mesmo assim, aqui vai o horário do programa {na tv cultura}: Quinta, 13h & Domingo, 20h.

Bem galera, é isso. Assistam que esse vale a pena! ;D

;kiss

Cansou?

Tá cansado de ouvir falar do Michael Jackson?

\o/

\o/

Assista o show do The Kooks, no Multishow hoje, às 22:30 {horário de Brasília}. Mas se você já fui no show deles {que eu nem to me mordendo de inveja} na Via Funchal, dânesse, vai assistir novela da Rede BOBO.

The+Kooks+from+the+clash+magazine

Para saber mais sobre essa banda, lindadimorre, fica aqui alguns links: The Kooks, Kooks, Letras Terra, MySpace, Um clipe maneirinho.

E para os preguiçosos, aqui uma síntese sobre eles:

Britânicos lindinhos tocadores de Indie, Blues e Rock. Banda formada em 2004 num lugar com nome difícil, e tendo como integrandes: o cantor e guitarrista Luke Pritchard, o baixista Max Rafferty, o guitarrista principal Hugh Harris e o baterista Paul Garred. O nome foi tirado de uma música de David Bowie, “Kooks”, no álbum de 1971 Hunky Dory.

www.cityfm.ro

Bem, é isso. Se não tem Multishow, sorry, não posso fazer nada. ;P Se der vontade eu venho e comento o show para vocês… {mas é possível que não porque eu vou estar meio apertada de horário… provas e provas.}

;kiss